Objetos transcendentes

A cada momento que passa e eu paro para pensar na quantidade de coisas que aconteceram esse ano (e que, eventualmente, mudaram o curso do rio, sopraram-me para outros rumos etc) eu fico até tonto. Muita coisa já rolou e, sei, ainda vai rolar.

Enfim, uma das coisas mais impressionantes para mim foi o fato de quatro anos depois (esse número cabalístico) eu ter de voltar a fazer um vídeo. Ok, não foi um TCC, era na Faculdade de Educação – ou seja, sem todo o rigor e pressão que poderia haver – mas de qualquer modo era um vídeo. E quem me conhece há pelo menos 4 anos, sabe qual é a tensão de tudo isso.

Antes que eu me empolgue mais e acabe escrevendo todo um livro sobre essa situação, vou resumir brevemente o ocorrido: dentro das propostas diferentes do Prof. Marcos Ferreira (lá da FEUSP e que também coordena o vital Lab_Arte) havia como “avaliação final” do curso/disciplina a realização de um vídeo-poesia, cujo tema cada grupo escolheria conforme seus interesses e visões sobre educação. Eu e meu grupo (as lindas Nailze, Suzane e Eloah – ♥) discutimos um pouco e acabamos caminhando por conversas que nos levaram a querer falar sobre os livros. E termino por aqui, que cada um tire suas conclusões ao ver o resultado disso tudo.

Mas, antes de terminar, vale dizer que por mais que no começo eu tenha sofrido um pouco com essa coisa de “fazer um vídeo”, no final valeu. E como. Acho que um ciclo terminou. Que bom!

P.S.: Para não dizer que eu não dei créditos, a música é do Caetano Veloso (Livros) e está no álbum Livro, de 1997. Já as fotos são todas minhas! Eba!
Anúncios

Um comentário sobre “Objetos transcendentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s