Reflexões praianas – parte 2

Quase nenhuma palavra, basta dizer que esse lugar valeu todos os bons euros gastos nos táxis de ida e vinda. Mesmo. :)

Embora tudo tenha sido (e esteja sendo) deveras rápido, a sensação permanece, ainda que embaraçada em outras tantas rápidas e violentas sensações. Pelo menos houve (e há) a praia e o mar.

Anúncios

2 comentários sobre “Reflexões praianas – parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s