Arquivo da tag: 1978

O divã

O divã (Erasmo Carlos / Roberto Carlos) – … e que tudo mais vá pro inferno ou Debaixo dos caracóis dos seus cabelos – 1978

Apesar de ouvir esse álbum já faz um certo tempo, somente essa semana me detive na beleza dessa canção. Me identifiquei neste momento e estou ouvindo no repeat eterno. Não vou tentar explicar, nem quero, pois acho que ela tem muito a dizer e tocar em cada um.

Separei um trecho da letra, que para mim é muito tocante, pois coloca em palavras muito boas uma sensação e visão que tenho das coisas. E acho que este novo blog está exatamente por aí.

“Mas o meu passado vive / em tudo que eu faço agora / ele está no meu presente / mas eu apenas desabafo / confusões da minha mente”

Amor de fato

Amor de fato (Claudio Jorge / João Nogueira) – Vida Boêmia (1978)

Nada como um samba bom para ser a primeira música deste novo blog. Ainda mais quando ele diz “[…] vamos abrir a janela / que um novo sol vai entrar / vamos limpar a poeira / e as plantas regar […]”. E além disso, também “[…] pintei tudo de branquinho / rezei os cantinho / com água do mar […]”.

Que venham bons dias, regados de bons sambas.
Valeu, João Nogueira.